"Interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, Jesus lhes respondeu: Não vem o reino de Deus com visível aparência. Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! porque o reino de Deus está dentro em vós." (Lucas 17: 20-21).

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Reflexão de Segunda Feira



Eu lhes digo, meus amigos: Não tenham medo dos que matam o
corpo e depois nada mais podem fazer. Mas eu lhes mostrarei a quem
vocês devem temer: temam aquele que, depois de matar o corpo, tem
poder para lançar no inferno. Sim, eu lhes digo, esse vocês devem
temer.”Lucas 12:4-5



Quem quer ser discípulo de Jesus precisa lidar com medo. Nos
dias de Jesus era medo de morte. Alguns discípulos foram
perseguidos e torturados. Outros foram sumariamente executados. Há
lugares no mundo hoje onde Cristãos ainda enfrentam ameaças
parecidas. Precisamos orar por igrejas sob ataque na Etiópia,
pastores perseguidos na Índia, ex-muçulmanos no Egito e muitos
outros. Para esses irmãos queridos, estas palavras de Jesus têm um
sentido real e imediato. Você pode ler mais sobre eles no site da
Portas
Abertas em http://www.portasabertas.org.br. Os dias estão chegando
quando Cristãos, inclusive em países tidos como “livres” terão que
decidir a quem realmente temerão - homens ou Deus. Deus não quer
que vivamos com medo dEle, mas, que levantemos o nome de Jesus com
coragem contra o verdadeiro inimigo que quer nos intimidar e calar.
Confie em Deus, levante sua voz por Jesus. A única coisa que você
tem a perder é seu medo.

Intercessão



"Mudou o SENHOR a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o SENHOR deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra." (Jó 42:10)

Não gosto de fazer doutrina em cima de um versículo sozinho, mas esse em particular tem me ensinado algo relevante. Depois de tudo pelo que Jó passou, depois de todo sofrimento e privação, ele ainda encontrou forças para orar pelos seus amigos, deu-se a interceder por eles. Nesse momento mudou o Senhor a sua vida.

Esse versículo não ensina necessariamente que toda vez que orarmos por outros seremos alcançados pelo favor de Deus, mas abre um precedente interessante - isso pode acontecer. Jó é um exemplo para mim, principalmente em dias de dificuldade e enfermidade.

Quer isso seja uma regra ou não, há algo que devemos aprender com Jó. Jamais, nunca mesmo, estaremos tão mal que não possamos orar pelos que nos rodeiam. Nunca estive tão mal quanto Jó, mas eu já perdi o ânimo para orar pelos outros e foquei em mim mesmo. Foi um erro, percebo isso. Se foi possível para Jó tem de ser possível para mim também. Independentemente de sermos intercessores fervorosos ou apenas moderados, temos de manter nossa vida de oração e nela incluir continuamente nossos irmãos, amigos, familiares, pastores, líderes, enfim os que nos rodeiam.

Jó foi alcançado enquanto se dedicava aos demais, o que não era obrigação sua. Jesus Cristo foi para cruz por nós, o que não era obrigação sua (o pecado era meu). E eu, o que tenho feito além daquilo que é apenas minha obrigação e meu dever? O que tenho empenhado para alcançar misericórdia para outros e não apenas para mim? Até quando deixarei de ser abençoado por ficar justamente buscando benção para mim mesmo?

É tempo de mudar o discurso e de se importar com os outros. Talvez, e somente talvez, isso faça mudar minha sorte como mudou a de Jó.

"Pai, fortalece-me para que eu me importe mais com os outros do que comigo mesmo, a bem de Te servir e Te agradar. Se em meio a isso aprouver ao Senhor me agraciar, aleluia. Se não, aleluia."

Mário Fernandez

ichtus.com.br

“Não haverá mais cristãos em Belém dentro de 20 anos”, afirma líder cristão israelense



O número de visitantes que foram celebrar o Natal em Israel voltou a crescer este ano, com um grande número de peregrinos cristãos reunindo-se em praças e igrejas. Mesmo assim, um líder cristão afirma que Belém está cada vez mais fechada. Ele afirma ainda que o próprio Jesus não seria capaz de entrar na cidade, se tentasse visita-la nos dias de hoje.

A Igreja da Natividade, em Belém, onde acredita-se ser o local do nascimento de Jesus Cristo, é liderada pelo padre Ibrahim Shomali. Ele cita o aumento dos assentamentos judaicos entre Jerusalém e Belém como um obstáculo potencialmente intransponível.

“Se os pais de Jesus decidissem vir este ano a Belém, encontrariam uma cidade fechada”, disse Shomali. ”Ele teria de nascer em um posto de controle ou no muro de separação. Maria e José precisariam de permissão especial ou tentarem entrar como turistas. Este é um grande problema para os palestinos em Belém. O que acontecerá quando eles ficarem totalmente isolados do mundo?”, acrescentou.

Entre os assentamentos mais intrusivos está Har Homa, uma enorme comunidade, de quase 20.000 pessoas. Ela foi construída sobre as terras onde acredita-se que os anjos contaram aos pastores sobre o nascimento de Jesus.

Um acordo político impede palestinos da Jerusalém Oriental entrarem em Jerusalém, ou Belém, sem licença de turista israelense. Os líderes da região, incluindo Shomali, temem que os assentamentos possam alterar permanentemente a paisagem geográfica da região.

A evasão dos cristãos, que representam 2% da população israelense, pode diminuir ainda mais esse percentual. ”Quando olho para a lista de membros da minha igreja, muitos dos nomes de famílias históricas da área já se foram”, disse Shomali. ”Em 20 anos, acho que não teremos mais cristãos em Belém “.

Em uma declaração oficial recente, o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu exortou os peregrinos e turistas a visitem Israel durante a época do Natal e celebrarem abertamente. “Em uma região onde os cristãos são rotineiramente perseguidos e onde há pouca tolerância para a fé dos outros, o governo de Israel oferece garantias de segurança e liberdade de culto para todos”.

Mas isso não muda o fato de que as celebrações de Natal estão praticamente extintas em outras cidades israelenses. A comunidade cristã hoje é composta principalmente de estrangeiros que emigraram para Israel. Não há números oficiais de convertidos do judaísmo ao cristianismo, pois trocar de religião ainda é proibido em Israel.

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Christian Post

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Reflexão de Sexta-Feira

Nesse meio tempo, tendo-se juntado uma multidão de milhares de
pessoas, ao ponto de se atropelarem umas às outras, Jesus começou a


falar primeiramente aos seus discípulos, dizendo: “Tenham cuidado
com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. Não há nada
escondido que não venha a ser descoberto, ou oculto que não venha a
ser conhecido. O que vocês disseram nas trevas será ouvido à luz do
dia, e o que vocês sussurraram aos ouvidos dentro de casa, será
proclamado dos telhados”. Lucas 12:1-3



Alguém disse que a principal causa do ateísmo são os Cristãos
que proclamam Deus com suas bocas e o negam com suas vidas. A
hipocrisia, como o fermento, começa como algo pequeno e de forma
quase imperceptível vai crescendo. Eventualmente ela afeta tudo com
que entra em contato. O fermento transforma a massa. A hipocrisia
estraga almas. Aqueles que não são discípulos de verdade com o
tempo revelam quem são. Igualmente, aqueles que são de Jesus,
embora não queiram chamar atenção para si mesmos, serão conhecidos
e seu testemunho será ouvido. Vamos largar o medo de admitir nosso
pecado. Com vidas íntegras e transparentes podemos proclamar Jesus
com coragem. Assim o nosso testemunho irá persuadir outros a também
confiarem no Senhor. Como pecadores, não temos nada a esconder.
Como perdoados temos tudo a proclamar. Que Jesus seja honrado com
tudo que há em nós, de pensamento, palavra e proceder.

"Deus, por favor, apareça na televisão!"



“Deus, por favor, apareça na televisão!”... Este verso de uma canção do Kid Abelha, para mim, ganhou um novo sentido depois de ver a "gospelização" da televisão. Transformou-se num clamor de desespero. Ou deveria. Estou cansado de ver o cristianismo ser chacoteado por causa do que mais aparece na caixa idiota, no micro-ondas do mal. Não, eu não quero que a mídia deixe de apresentar crimes e sem-vergonhezas de pastores, “apóstolos”, missionários e padres. Não; eu não vou esculhambar com a Globo por causa de “Ó Paí, Ó”. Eu quero é que os “representantes” do “cristianismo” televisivo tenham vergonha na cara e mudem de vida!


Dia desses eu conversava, até animadamente, com uma pessoa que não é evangélica, e, depois de eu responder que não era muçulmano (?!) e meu colega dizer "Não. Ele é evangélico.", ela jogou na minha cara a questão financeira: a primeira coisa que ela me perguntou depois de saber que eu era cristão (e foi com ironia) foi quanto eu dava para a igreja. E eu juro a vocês que eu me arrependo de não ter dito, mesmo estando em público, que isso não era da conta dela, porque ela não paga minhas contas e nem eu como às expensas dela (da próxima eu nem vacilo, digo mesmo).


Não se pode mais falar de Jesus!



O evangelho agora é visto como uma faceta do tema economia. E o mais interessante é que os evangélicos conseguimos ser tão vistos como uma simbiose de pilantras e idiotas que as pessoas até esquecem que sem-vergonhice e disfaçatez, além de burrice, ganância e hipocrisia não são exclusividade nossa. Infelizmente, parece que essa taça é nossa – se não por maioria de votos, é pelo IBOPE da TV.




Não estou querendo atacar igrejas ou religiões, tampouco menosprezar meus diletos irmãos em Cristo, mas, enquanto vejo ladrões na TV cometendo estelionatos religiosos e vendendo Deus como um produto (e não são apenas evangélicos), não posso esquecer que a venda de indulgências e outros escândalos e imoralidades não são realidade somente nossa.


Existem religiosos que condenam enriquecer e riquezas mas não são pobres: nadam em luxo, em seus palácios cobertos de ouro, enquanto suas ovelhas morrem de fome; existem os que usam o nome de Deus para manobras políticas por influência e domínio, mando e desmando e criações de doutrinas malucas; existem aqueles que enaltecem a ganância, a ambição, a usura, a avareza e não toleram a austeridade; e existem os que só enxergam a imundície na religião dos outros, e, sabendo que não é isto o que elas ensinam, usam as distorções que aparecem na mídia:



1. como munição para atacar pessoas sérias, que não compactuam com a injustiça (isto é, por sacanagem);


2. como forma de pré-julgar as pessoas antes de conhecê-las (isto é, por preconceito e burrice); e/ou


3. para “legitimar” sua própria vida de pecado (isto é, cinismo).


Esse tipo de gente cínica é da pior espécie, e, no fim, infelizmente, pode terminar se dando mal. Pois sabe o que é certo e bom, não pratica e ainda caçoa de quem tenta viver direito usando o mal exemplo de pessoas notoriamente más e pseudorreligiosas como escudo.


Esses "ministros de Deus" de TV que vivem mendigando dinheiro e prometendo prosperidade e bênçãos milagosas não repassam o que Jesus ensinou, não imitam seu exemplo de vida e são extremente arrogantes. Não são discípulos de Jesus, pois eles não pregam e não vivem o evangelho (1Timóteo 4.1-2; 1 João 2.18-19). Suas vidas, em sentido oposto ao da vida de Jesus, comprovam isso claramente, pois milagres e dons, por si sós, não são certeza de aprovação divina (Mateus 7.15-23; Mt 24.24; 2 Tessalonicenses 2.9-12): é aí que aumenta nossa responsabilidade em conhecer a palavra de Deus para saber discernir os espíritos e tomar decisões certas (Mateus 22.29; 1 João 4.1).


Eu posso ter meus pecados, mas não busco viver neles. Agora, por favor, não me ponham junto com um saco de enganadores ou extorquidos, pois disto eu não faço parte! Já me basta a vergonha de receber a mesma terminologia de "evangélicos" que eles recebem. Meus pais, mesmo não sendo “crentes”, me ensinaram a ter vergonha na cara e a não iludir as pessoas. Com certeza, certos falsos ministros também devem ter recebido essa lição dos pais deles. E, se não a põem em prática, eu não tenho nada a ver com eles. E menos ainda a minha fé tem a ver com a deles.


Quer saber o que é cristianismo? Não me pergunte. E não veja TV (Deus não aparece nela). Apenas não se faça de sonso, olhe para a vida de Cristo e sua palavra, e você terá sua resposta. Simples assim. Mas não venha transformar a boa mensagem do evangelho naquilo que você sabe que Jesus Cristo não ensinou, valendo-se de pessoas de má índole, que, nem de longe, merecem ser chamadas de discípulos dele (apesar de se declararem tais)!



Cansei. Cansei mesmo. Agora as pessoas simplesmente não presumem mais boa-fé, honstidade, retidão ou qualquer coisa boa de pessoas que tentam viver sua fé em Cristo. Somos pré-julgados como palhaços idiotas manipulados por sacerdotes descarados só em dizermos "sou evangélico". E nem venham me dizer que somos perseguidos por causa do nome de Jesus! Não somos! Antes fôssemos! Eu tenho a absoluta certeza de que somos perseguidos por culpa nossa e da maioria de pessoas que incharam e hiperlotaram templos sem saber o que o evangelho é; e pior: sem saber quem Cristo é!


Vamos deixar de ser cínicos. Ou imbecis.

Autor: Avelar Jr.

No Natal, Igreja Renascer sorteará apartamento de luxo no valor de R$ 400 mil com carro na garagem



A igreja Renascer em Cristo está promovendo um sorteio de um apartamento de luxo, totalmente mobiliado e com carro na garagem. O concurso natalino está sendo usado para arrecadar verbas.

Um pastor da Igreja que não se identificou afirmou que a igreja precisa inovar para conseguir maiores arrecadações. “Sabe, é como se fosse uma indústria, você tem que jogar suas fichas em um novo produto para tentar alavancar suas finanças. Ou você tenta algo novo, vendê-la para o maior número de pessoas e cobrir seus gastos e tentar lucrar, ou então, ficaremos na velha mania de pedir dez por cento. O apóstolo é um gênio nessa área”, afirmou o pastor ao Folha Renascer.

Membros da igreja não sabem explicar a origem do apartamento de luxo, que possui três dormitórios com uma suíte, closet, dormitório para empregada, sacada aberta, duas vagas desmarcadas na garagem e aquecimento central a gás. O imóvel está avaliado em R$ 400 mil, sem levar em conta o valor do carro.

O sorteio será realizado pela loteria federal no dia 24 de dezembro, e caso o sorteio não contemple um ganhador, o prêmio ficará para a Renascer.

Fonte: Gospel+

sábado, 17 de dezembro de 2011

Reflexão de Sábado



“Ai de vocês, peritos na lei, porque se apoderaram da chave do
conhecimento. Vocês mesmos não entraram e impediram os que estavam
prestes a entrar!” Quando Jesus saiu dali, os fariseus e os mestres
da lei começaram a opor-se fortemente a ele e a interrogá-lo com
muitas perguntas, esperando apanhá-lo em algo que dissesse.”
Lucas 11:52-54


Os fariseus, que se orgulhavam de ser os mais puros, de fato
contaminavam todos que entravam em contato com eles (11:44). Os
peritos na lei se orgulhavam do seu conhecimento, que supostamente
abria o entendimento do povo para a vontade de Deus. Na verdade, os
pormenores de interpretação deles tornavam a Palavra de Deus
difícil de entender e impossível de obedecer. Assim, eles nem
entravam e fechavam o Reino para quem queria entrar. A mesma coisa
acontece hoje quando tradições humanas ou "linhas" denominacionais
tomam o lugar da pura Palavra de Deus. O conhecimento de Deus vira
um mistério acessível apenas para peritos em exegese – e a vontade
do Senhor fica cada vez mais distante do homem comum. Graças a
Deus, a nossa entrada no Reino dos Céus não depende de conhecimento
de profundos mistérios ou malabarismos de interpretação. Basta uma
fé simples na pessoa de Jesus Cristo. A do tamanho de um grão de
mostarda serve. O importante não é o que você sabe, e sim, Quem
você conhece. Siga Ele. Isso te basta.

Homem é preso ao tentar trocar cheques roubados em igrejas evangélicas



A polícia de Santa Catarina prendeu um homem acusado de crimes de estelionato depois de várias tentativas de trocar cheques roubados em igrejas evangélicas.

O homem que não foi identificado entrava nas igrejas querendo “ofertar” com cheques, mas pedia troco. De acordo com a Polícia Civil em uma delas ele apresentou um cheque de R$9.300,00 dizendo que faria uma doação no valor de R$8 mil, mas queria o troco em dinheiro, para fazer “uma viagem”.

Como as igrejas não tinham dinheiro disponível, algumas procuraram uma agência bancária e assim ficou comprovado que se tratava de um estelionatário. A polícia passou então a investigar o caso e conseguiu prender o suspeito.

No momento da prisão o acusado ainda apresentou um título de eleitor de um homem com mais de 70 anos que já faleceu, sendo que ele aparenta ter cerca de 40 anos. Junto com ele foram apreendidos outros cheques roubados que seriam trocados em igrejas evangélicas, segundo a polícia.

O suspeito será transferido para o estado do Paraná, onde a justiça já havia expedido o mandato de prisão. Naquela região ele já havia cometidos outros crimes semelhantes.

Com informações G1
"Respondeu-lhe Felipe: Duzentos denários de pão não lhes bastam, para que cada um receba um pouco. Ao que lhe disse um dos seus discípulos, André, irmão de Simão Pedro: Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?”– João 6.7-9


Filipe e André são discípulos de Jesus com nomes gregos significativos: “amigo dos cavalos” e “homem”. Um voltado para animais e outro para pessoas. Ambos são mais de bastidores que da linha de frente. São mencionados sempre em papéis secundários, e nunca propriamente de comando.


André é uma figura fantástica. Viveu nos bastidores e à sombra do irmão, Pedro, que ele levou a Jesus. Sempre com uma palavra positiva e colaborando para decisões. No episódio em tela, Jesus levanta a questão: onde arranjar comida para tanta gente? Já decidiu o que fará, mas experimenta os discípulos. Se foi um teste, do ponto de vista de Recursos Humanos, Filipe foi reprovado e André foi aprovado.


Quando Jesus traz o problema a Filipe, este o agrava: sete meses de salário de um trabalhador não bastariam. Filipe dramatiza o problema. André aponta numa direção. Não chega a dar uma resposta, mas devolve o problema para o Senhor, após mostrar alguma coisa. E a pista de André é assumida imediatamente por Jesus, que age a partir de sua sugestão. Se fosse se lastrear na palavra de Filipe, Jesus apenas teria o problema com cores mais vívidas.


Há gente que nunca tem soluções, e sempre aumenta os problemas. Há gente que busca soluções. E há dois aspectos mais que são elucidativos no estilo de André. O primeiro é que a conversa é entre Jesus e Filipe. Mas André se envolve. Aquilo é com ele também. Ele faz parte do grupo. Problema do grupo é problema dele. Quantos se omitem e acham que o problema é dos outros! Sempre têm uma palavra crítica e desalentadora. Não somam. Aumentam a dificuldade.


O segundo é que André vira um menino com um lanche. No meio de uma multidão ele viu um menino e seu lanchinho. Vê e valoriza as coisas pequenas. Deus diz para não desprezarmos as coisas pequenas (Zc 4.10). Coisas pequenas se tornam grandiosas nas mãos de Deus. Nem devemos desprezar as pessoas pequenas. Muitos pastores, missionários e obreiros de valor foram chamados por Deus quando eram crianças.


André é discípulo dos bastidores. Mas se envolve. A coisa é com ele, é dele e ele faz parte do todo. Não censura nem se queixa. Apresenta soluções. Vê a obra de Jesus como sendo algo que lhe diz respeito. E valoriza coisas pequenas.


A vida do homem dos bastidores foi fantástica. Missionário, chegou à Cítia, por isso é o padroeiro da Rússia. É o padroeiro da Escócia, porque teria chegado lá com o evangelho. Assim, a Igreja Anglicana comemora seu dia de missões em 30 de novembro, dia de Santo André. Morreu crucificado na Acaia, Grécia, para onde voltou. Sua agonia durou dias e ele foi posto em uma cruz em forma de x, a cruz de Santo André, o que explica o brasão da cidade deste nome no ABC Paulista. Durante a sua agonia, exortava as pessoas que vinham ver o espetáculo de sua morte a entregarem a vida a Jesus. Evangelizou até morrer.


Um homem dos bastidores, atento, dedicado e consagrado. Envolvia-se com a obra de Jesus e mostrou isso servindo até a morte. Filipe não foi um inútil. Deus o usou. Mas André é o tipo de crente que as igrejas necessitam. Há donos demais nas igrejas. E servos de menos. André é servo. Sem holofote, mas homem leal e útil. Imitemos André.


Pr. Marcello de Oliveira
Extraido: A-BD

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Reflexão de Quinta Feira



Ai de vocês, porque edificam os túmulos dos profetas, sendo que
foram os seus próprios antepassados que os mataram. Assim vocês dão
testemunho de que aprovam o que os seus antepassados fizeram. Eles
mataram os profetas, e vocês lhes edificam os túmulos. Por isso,
Deus disse em sua sabedoria: ‘Eu lhes mandarei profetas e
apóstolos, dos quais eles matarão alguns, e a outros perseguirão’.
Pelo que, esta geração será considerada responsável pelo sangue de
todos os profetas, derramado desde o princípio do mundo: desde o
sangue de Abel até o sangue de Zacarias, que foi morto entre o
altar e o santuário. Sim, eu lhes digo, esta geração será
considerada responsável por tudo isso.” Lucas 11:47-51


As obras destes líderes eram testemunha de quão longe de Deus
eles chegaram. Enquanto edificavam e enfeitavam túmulos para os
profetas, eles desprezavam a mensagem do próprio Espírito que falou
por meio dos profetas. Rejeitaram João Batista, maior de todos os
profetas, e perseguiram Jesus, aquele para quem todos os profetas
apontaram. Como T.W. Manson observou, "o único profeta que eles
honravam era um profeta morto". Ninguém mais edifica túmulos para
profetas. Mas, muitos ainda insistem em "honrar" Deus de outras
formas, construindo grandes templos ou multiplicando ministérios
por rádio e televisão. Mas, quem está sendo honrado? Será que é
Deus? Quem quer levantar Jesus não precisa subir mais alto. Ao
contrário, para elevar Jesus, nós temos que descer - até a
enfermaria, até a periferia, até os lugares onde Jesus andou e quer
andar hoje. Quer honrar Jesus hoje? É só fazer o que ele fazia,
andar onde ele andou. Não se preocupe, Jesus vai estar lá, bem
junto ao seu lado.

Mulher mata os pais por causa de dívida de dízimos atrasados



A estudante Lineusa Rodrigues da Silva, de 24 anos, foi acusada de assassinar os pais adotivos com golpes de machado, serrote e pauladas, por causa de uma dívida relativa a dízimos atrasados.

Os pais, Lourival Rodrigues da Silva, de 85 anos e a mãe, Joana Borges da Silva, de 104, que vivia imobilizada numa cadeira de rodas, foram assassinados com requintes de crueldade por se recusarem a dar dinheiro para que Lineusa pagasse a dívida dos dízimos. Seus corpos estavam irreconhecíveis na cena do crime.

A delegada da cidade de Timon, no Maranhão, responsável pelo caso, Wládia Holanda da Silva, afirmou o assassinato foi planejado, e a indiciou a acusada por assassinato qualificado: “Em toda a minha experiência como delegada nunca tinha visto nada parecido. Foi um crime provocado por fanatismo religioso” afirmou a delegada, que quase foi agredida por Lineusa a cabeçadas.

A filha biológica do casal assassinado, Francisca Oliveira da Cruz, seus pais haviam adotado Lineusa quando ela tinha apenas cinco meses. Segundo o jornal Meio Norte, Francisca temia que uma tragédia acontecesse devido ao fanatismo religioso da acusada: “Nós últimos meses essas discussões com ela exigindo dinheiro deles aumentaram e eu temia que isso terminasse acontecendo”. Francisca afirmou que a irmã adotiva tinha problemas mentais. Em depoimento, Lineusa assumiu a responsabilidade pelos crimes e justificou: “Eu fiz por Deus”.

Fonte: Gospel+

“Pare de pregar esta sua prosperidade burra”, diz pastor assembleiano ao Bispo Edir Macedo



Durante a comemoração do Centenário das Assembleias de Deus na cidade de Barueri (15 de novembro) o pastor Abner Ferreira, da AD Madureira do Rio de Janeiro, criticou o bispo Edir Macedo que tem atacado as igrejas pentecostais afirmando que a manifestação do Espírito Santo não existe.

Para o assembleiano o líder da Igreja Universal do Reino de Deus está assustado com a quantidade de ex-membros que estão partindo para a Assembleia. “”Nós não temos culpa se o povo da sua igreja estão vindo para a AD. Pare de apelar e de pregar esta sua prosperidade burra. Antes do senhor chegar aqui, nós já estávamos fazendo nossa obra há muito tempo”, afirmou Abner ao lado do seu irmão, Samuel Ferreira.

“Eu quero dizer para o senhor bispo Edir Macedo, respeite a igreja evangélica pentecostal dessa nação”, disse ele arrancando gritos e aplausos das milhares de pessoas que estavam na Arena Barueri.

O pastor ainda continuou dizendo: ” Quanto mais o senhor nos ataca, mais nos motiva a lembrar do povo da IURD, que são sim pessoas de Deus, mas ofuscadas por sua membresia. Nossa palavra é contra o senhor e não contra sua igreja. Nós sempre estendemos nossa mão ao senhor, então é seu dever nos respeitar. Não faça covardia, não faça baixaria. ”

gospelprime.com.br

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Reflexão Terça Feira



Um dos peritos na lei lhe respondeu: “Mestre, quando dizes essas
coisas, insultas também a nós”. “Quanto a vocês, peritos na lei”,
disse Jesus, “ai de vocês também!, porque sobrecarregam os homens
com fardos que dificilmente eles podem carregar, e vocês mesmos não
levantam nem um dedo para ajudá-los.”Lucas 11:45-46


Proclamar ou ensinar o que está nas Escrituras é uma das formas
mais privilegiadas de servir a Deus. É uma honra corrigir as ações
e atitudes e até palavras e pensamentos dos outros através do
ensino. Deus quer que todos ouçam sua Palavra. Mas, se não descemos
do púlpito, se não fechamos os comentários e livros de gramática e
sentamos ao lado do irmão fraco, afastado, ou em pecado, estamos
apenas contribuindo para a derrota dele. Dizer a ele tudo que está
errado com sua vida, sem ajudá-lo, é fazer nada mais que o próprio
acusador. Fomos chamados para mais do que isso. Fomos chamados não
só para o diagnóstico do doente, mas também para limpar a infecção,
costurar a ferida e ajudar o doente em tudo que podemos para que
ele possa se recuperar pela graça de Deus. Vamos fazer o trabalho
todo que Deus nos deu, ministrando a Palavra e somente a Palavra, e
ajudando pessoas a vivê-la como Deus quer.

hermeneutica.com

Os bastidores da votação da PLC 122: Marta Suplicy e Jean Wyllys brigam em público, Marco Feliciano e Magno Malta reclamam e mais



Após retirar a PL 122/2006 de votação para reexaminá-lo, a Senadora Marta Suplicy, relatora do projeto, foi severamente criticada por ativistas gays que não concordaram com as alterações feitas por ela.

Uma das críticas mais pesadas partiu do Deputado Federal Jean Wyllys, que afirmou que as alterações de Marta Suplicy tornaram o projeto inócuo, e que da forma como estava, a PL 122 “não atendia as necessidades da comunidade gay”.

A senadora, ao saber das críticas, disparou contra Jean Wyllys, afirmando em entrevista ao Portal Terra, que o deputado tinha “má fé”. “Tive que ceder aos acertos. Os acertos criaram coisas que não existem. Hoje, se você for discriminado no trabalho, vai reclamar para o bispo, porque não tem para quem. Se você for chutado na rua e xingado numa fala homofóbica, você não tem como dar queixa, porque não configura em nada e o projeto faz ser apenado. Então, dizer que o projeto é inócuo é de uma má-fé extraordinária. Ele vai acrescentar várias conquistas. Não é o 122 que eu queria, mas é o que é possível”, defendeu-se Marta.

Ainda criticando o colega parlamentar, a senadora afirmou que a postura de Jean Wyllys mostra que ele não tem outras propostas: “Toda a fala dele é em relação ao casamento (entre pessoas do mesmo sexo). Com a união estável aprovada pelo Supremo (STF), ele perdeu um pouco a fala e não consegue coletar as assinaturas da PEC. Então, fica bombardeando o projeto da homofobia que estou fazendo. Isso mostra uma imaturidade enorme, porque o projeto pode passar na Comissão de Direitos Humanos (do Senado), na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania), no plenário e ir para a Câmara. Aí, ele pode ser o relator e usar a grande competência dele para acrescentar tudo que o quiser”.

Jean Wyllys rebateu as críticas afirmando que “apesar de a senadora Marta ter me atacado com deselegância, em entrevista, por eu ter criticado suas concessões, o tempo me deu razão. A senadora – e certos militantes do PT – não conseguem conviver bem com a crítica às vezes, infelizmente, daí o ataque deselegante”.

O ativista gay ressaltou que as ideias a respeito do projeto são diferentes porque a vivência que ambos tiveram com os ataques de homofobia, foram diferentes: “É difícil para a senadora compreender que, se ela é uma aliada histórica, eu sou um homossexual que conhece no corpo o peso da homofobia. O que para ela pode ser negociável por orientação partidária não o é para mim, porque minha dignidade está acima de partido e de vaidade”.

O Senador Magno Malta, que é membro da Comissão de Direitos Humanos do Senado, e participou da reunião em que o projeto foi retirado de votação, foi destaque no Twitter e ficou entre os assuntos mais falados, por ter dito durante as discussões que “os assassinatos dos homossexuais não são problema dos senadores” e que a maioria da população brasileira não é homofóbica.

Defendendo-se das acusações de ser homofóbico, por causa de suas declarações, o senador pontuou o assunto: “Não sou contra homossexuais, respeito todos os cidadãos, mas é meu dever evitar os exageros. É o melhor momento para acabar com o preconceito contra os negros, contra os índios e outras minorias, não só defender interesses de um único segmento que busca privilégios que outros não tem, mas a luta continua e vamos buscar um acordo sempre com tolerância e respeito. Marta percebeu que seria o fim do PL 122 e estrategicamente pediu reexame da matéria. Perdemos uma boa oportunidade de avançarmos para outro texto mais importante e abrangente”.

Porém, a senadora Marta Suplicy foi cumprimentada pela retirada do projeto. A Articulação brasileira de Gays – Artgay , associação que congrega 80 ONGs ligadas ao ativismo homossexual em todo Brasil, encaminhou um ofício à senadora parabenizando-a por não deixar que o projeto fosse votado naquela reunião. Segundo o site Mix Brasil, no ofício a Artgay solicitou que a senadora incluísse na discussão a proposta de entidades do movimento LGBT que representam também as pessoas negras, transgêneras e que professam algum tipo de fé religiosa. O ideal, no ponto de vista de Marta Suplicy, seria a elaboração de um projeto novo, que trate apenas do crime de homofobia, segundo informações da Agência Senado.

A repercussão em torno dos debates sobre a PL 122 fez com que uma entidade internacional se posicionasse contra o novo texto do projeto, proposto por Marta Suplicy. A “Allout” divulgou nota afirmando que “considera que a nova redação do PLC 122 não contempla a criminalização do discurso de ódio contra a população LGBT , um dos maiores “ ativadores de homofobia” no Brasil, tornando, portanto, a legislação proposta incompleta.

Em discurso no Senado Federal, Christovam Buarque afirmou que o “Estado não se mete no que é pecado e igreja não deve se meter no que é crime”, e pediu que o diálogo fosse retomado, para evitar “que a luta contra a intolerância não passe a idéia de que se está criando outra forma de intolerância”.

Como a reunião da Comissão dos Direitos Humanos terminou em tumulto, o Senador Aníbal Diniz fez um apelo para que o principal objetivo da Comissão fosse mantido: “As pessoas são iguais e merecem ter seus direitos respeitados. Temos que trabalhar para que não se estabeleça um clima de guerra. É preciso cultivar a paz e o entendimento entre os diferentes segmentos para fazer valer a igualdade contida no artigo 2º na Declaração Universal dos Direitos Humanos”.

Ao saber do tumulto no Senado, o Deputado Pastor Marco Feliciano pediu a palavra ao presidente da Câmara dos Deputados e lamentou que a reunião tivesse terminado daquela forma. “É com profundo pesar que venho deixar uma palavra acerca do que aconteceu no Senado. O movimento religioso foi altamente atacado pelo PL 122 que criminalizava a homofobia de pessoas que tinham pensamentos contrários a esse respeito. De repente, a senadora traz à tona, mas recua do bom debate. Que o PL 122 seja votado o mais rápido possível e vamos sepultar esse lixo”, afirmou Marco Feliciano.

gospel+

Pedra e Coluna



"Tendo-se levantado Jacó, cedo, de madrugada, tomou a pedra que havia posto por travesseiro e a erigiu em coluna, sobre cujo topo entornou azeite." (Gênesis 28:18 ARA)

O sentido de um travesseiro é dar conforto para dormir, mas sendo de pedra acho que o conceito não se aplica muito bem aqui. Toda situação em torno da fuga de Jacó é desconfortável, mas esta virada merece ser analisada.

O travesseiro do desconforto não servia a seu propósito, mas como coluna e como memorial, traz à tona tudo que Deus nos ensina em meio aos desconfortos de nossa caminhada. Vivemos momentos para os quais somos chamados, que com certeza se pudéssemos escolher diretamente, evitaríamos. Digo escolher diretamente por que a escolha é indireta; nós escolhemos e decidimos agir de determinadas formas que nos levam para seus próprios caminhos, como foi com Jacó. Agiu mal com sua familia e teve de fugir, dormindo em cima de uma pedra. Ele escolheu agir mal, não escolheu a pedra, mas uma coisa levou à outra.

Muitas vezes ficamos nos perguntando por que motivo temos de enfrentar certas situações, mas talvez nos falte a percepção de qual foi a decisão anterior que nos levou a ela. Jacó sabia o que tinha aprontado e conseguiu tirar algum aprendizado disso tudo, ainda que tenha seguido em apuros por mais algum tempo. Se ele ergueu uma coluna, é por que tinha algo para ser lembrado, havia um memorial envolvido. O azeite derramado arremete à unção, consagração, santificação, o que sugere que o memorial era santo.

Se conseguirmos tornar nosso desconforto em memorial erraremos menos, aprenderemos com mais suavidade e nem por isso glorifcaremos menos ao nosso Deus. Algo precisa ser feito para mudar nossa vida de altos e baixos em algo de nível superior. Jacó fez um voto com Deus para prosseguir sua jornada e estabeleceu claramente seu voto naquele lugar. Talvez isso também mereça ser aprendido.

Eu estou disposto a repensar minha caminhada para aprender sem precisar dormir sobre pedras e te convido a fazer isso comigo.

Mário Fernandez

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Reflexão Quarta Feira



“Quando um espírito imundo sai de um homem, passa por lugares
áridos procurando descanso, e, não o encontrando, diz: ‘Voltarei
para a casa de onde saí’. Quando chega, encontra a casa varrida e
em ordem. Então vai e traz outros sete espíritos piores do que ele,
e entrando passam a viver ali. E o estado final daquele homem
torna-se pior do que o primeiro”. Lucas 11:24-26



Discutem se é possível um Cristão ser possesso por demônio ou
espírito imundo. Alguns vêem nisso um contra-senso, uma vez que o
próprio Espírito Santo de Deus habita no Cristão (Lc 11:13; João
14:17). Como poderia então outro espírito habitar na mesma pessoa?
Outros parecem praticamente fazer carreira de expulsar demônios,
tanto em crentes quanto descrentes. Uma coisa sabemos - dentro de
todos, inclusive crentes, há um espaço que será preenchido. Se não
o preenchermos com a presença de Deus, ele será preenchido pelas
forças do mal, quer seja por forças externas entrando ou desejos
pecaminosos nascendo dentro de nós. Estas palavras de Jesus nos
lembram o contraste que Paulo faz entre o enchimento com vinho e
com o Espírito Santo. Encher-se do Espírito, como Paulo recomendou
aos Cristãos (Efé 5:18), significa deixá-lo preencher tudo em nós.
É o resultado de amar a Deus de todo nosso coração, alma, força e
entendimento (Lc 10:27). Todo Cristão deve possuir dentro dele o
Espírito Santo. Jesus quer que o Espírito Santo possua todo o
Cristão. Hoje, as coisas que você ler e escutar, assistir ou pensar
vão contribuir para lhe encher de alguma coisa. De que será?

Bispo Edir Macedo é acusado de pregar o espiritismo



O Espiritismo baseia suas crenças na relação entre os vivos e os espíritos dos mortos. Alan Kardec, que popularizou a doutrina espírita moderna, afirmava que existia a possibilidade de uma pessoa “receber” o espírito de um morto. Quando isso acontece, a pessoa começa a agir (falar, andar) do mesmo modo que o “morto” fazia em vida. As religiões afro-brasileiras, também chamadas de “baixo espiritismo” também acreditam que isso é possível. Esse fenômeno é chamado de “obsessão”.

Um vídeo de abril, onde o bispo Edir Macedo prega durante uma de suas viagens a Jerusalém, suscitou críticas de blogueiros hoje (6/12). A acusação é que, em um trecho do vídeo, Edir fala sobre uma pessoa “receber” o espírito de um morto. Rapidamente passou-se a especular que o bispo estaria “ensinando” o espiritismo aos fiéis da IURD.

Procurado pelo Gospel Prime, o pastor Armando Taranto Neto da Assembleia de Deus comentou que “A Bíblia Sagrada deixa claro em vários textos que falar com os mortos é coisa abominável ao Senhor (Lv 20:6; 27; Dt 18:10-14). Também diz que não há espíritos vagando pelo mundo (Jó 7:9). Toda pessoa, depois da morte, é julgada e pode ir para o céu ou para o inferno (Hb 9:27-28).

As Escrituras afirmam, contudo, que existem “espíritos enganadores” e que Satanás pode se disfarçar ( 1 Tm 4:1-2; 2 Co 11.14). É consenso nos círculos evangélicos que as pessoas que recebem espíritos de mortos e falam em nome deles, na verdade estão possuídas por espíritos demoníacos.”

Ao acusarem o líder da Igreja Universal de ensinar o espiritismo, parece que não se leva em conta todos os 18 minutos do vídeo. Edir Macedo está falando sobre como age uma pessoa que recebeu o Espírito Santo de Deus e o que isso significa na vida de um crente. A partir do 14° minuto é que ele começa a fazer uma comparação entre receber o Espírito Santo e receber o espírito de um morto.

O vídeo que foi postado e comentado por dezenas de pessoas tem apenas um minuto e ignora o contexto das palavras. Foi selecionado apenas o trecho que pode ser considerado polêmico”.

Segundo pastor Taranto, a questão poderia ser entendida de duas maneiras:

1) Edir Macedo está usando a linguagem dos espíritas, os termos que eles usam, para fortalecer seu argumento. É um recurso de oratória, uma “força de expressão”. Estaria falando para quem conhece e entende o que significa ser tomado por um espírito e que não conhece o que significa ser cheio do Espírito Santo.

2) Edir Macedo realmente acredita que uma pessoa pode ser possuída pelo espírito de um morto. Ainda que pregue a Jesus e estivesse falando sobre o que a Bíblia diz, coloca o Espírito Santo na mesma condição do espírito de alguém que já morreu e que ambos podem se “apossar” das pessoas.

Assista ao vídeo completo:
http://noticias.gospelprime.com.br/bispo-edir-macedo-e-acusado-de-pregar-o-espiritismo/

Juiz



"Um só é Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e fazer perecer; tu, porém, quem és, que julgas o próximo?" (Tiago 4:12 ARA)

Até mesmo por conta de uma polêmica anterior, estou meditando sobre julgamento, juizado e conceitos de justiça. A gente tem o feio costume de emitir julgamentos, conceitos, tomando decisões como se fôssemos nós mesmos os juízes de tudo e de todos. Se o assunto é política, futebol, igreja - todo mundo tem opinião (e isso é bom) mas muitos querem ter a razão e para isso julgam a opinião e postura dos demais.

Curioso notar que gostar ou não gostar de alguma coisa, é um direito que me assiste e expressar minha opinião faz parte do convívio social. Mas quando minha opinião é, basicamente, sobre os pontos negativos da opinião dos demais, estou julgando. É como no mundo dos negócios. Eu posso optar por falar bem do meu produto ou por falar mal do concorrente. Em ambos os casos eu terei clientes que decidirão comprar de mim e clientes que decidirão comprar de meus concorrentes. Mas será muito mais adequado falar bem do meu do que mal do concorrente, o que seria um julgamento.

Exatamente assim ocorre com as relações humanas, especialmente em momentos de discórdia ou conflitos. Parece campeonato onde cada ponto negativo do outro conta positivo para mim. Isso não é bom, nada bom. Se eu não quiser me colocar como juiz de meus irmãos, preciso focar no meu ponto positivo e não no negativo do outro.

Este verso nos ensina que não há dois juízes, portanto num certo sentido ao tentar julgar nosso irmão, tomamos o lugar de Deus e isso é ruim, muito ruim... Eu não diria que chega a caracterizar idolatria, mas rebeldia com certeza e a diferença não é muito grande em termos de desagrado ao coração do Pai.

Se cada um de nós focasse mais em si mesmo e menos nos demais, em termos de conceito e opinião, sem deixar de atentar para o convívio e as necessidades a serem supridas, provavelmente entenderíamos melhor o que Jesus disse com "amai-vos".

"Pai, me ajuda a conseguir encontrar o equilibrio das idéias e conceitos, sem julgar meus irmãos e sem tomar o lugar de juiz, pois não sou Justo como Tu. Ajuda-me, por favor."

Mário Fernandez

www.ichtus.com.br

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Reflexão Terça Feira



“Aquele que não está comigo é contra mim, e aquele que comigo
não ajunta, espalha.” Lucas 11:23


Hoje em dia, exclusivismo não é bem visto. Não é "politicamente
correto". No entanto, o Cristianismo que Jesus ensinou é um
movimento exclusivista. Ou você está dentro ou fora, luta a favor
ou contra. E, não é só aqueles que lutam contra Jesus que
prejudicam o progresso do Evangelho. É também os que não decidem,
que esperam e deliberam enquanto os servos do Senhor travam a
batalha. Alguns, ao observarem Jesus realizando obras poderosas, o
criticaram. Outros acreditaram e começaram a seguir. Outros ainda
aguardaram para ver o que mais Jesus faria. Porém, Jesus não nos
chama somente para pensar e refletir. Ele nos chama a decidir e
agir. Não há nenhum muro para sentar entre o reino das trevas e o
Reino dos Céus. Está na hora de decidir e agir. Na verdade você já
está num campo ou no outro. Sua presença e tudo que você faz ou não
faz, já está tendo um impacto eterno. Sua vida está levando pessoas
para onde?

Assembleia de Deus em Brasilia recebe representante do “novo Messias”



O reverendo Moon, ou Sun Myung Moon, nasceu na Coréia (antes da divisão), em 1920. É o segundo filho dos oito que nasceram em uma família camponesa de cristãos presbiterianos.

Ele conta que na Páscoa de 1936, aos 16 anos, enquanto orava em uma montanha teve um “encontro espiritual” com Jesus. Durante os anos seguintes estudou e pesquisou a Bíblia até que em 1945, atendendo a um “chamado de Deus”, foi para a então Coréia do Norte e começou a pregar uma “nova mensagem de Deus”, Ele afirmava que esse é o Princípio Divino, uma terceira parte da Bíblia, um outro Testamento.

Dizendo-se uma nova encarnação de Jesus, fundou a seita chamada Igreja da Unificação. Em 1960 casou-se com Hak Ja Han e tiveram 13 filhos e 40 netos. Eles passaram a se apresentar com o título de “verdadeiros pais”, pois restaurariam o erro de Adão e Eva, dando início a uma “nova cultura e linhagem do Céu”.

O aspecto mais confuso dos ensinamentos de Moon é que Jesus falhou na cruz e Moon seria o messias final, que terminaria a obra divina na terra. Como o nome indica, a Igreja da Unificação deseja unificar todas as religiões, consideradas boas por ele.

Algum tempo atrás Moon e sua igreja vieram para o Brasil, fizeram investimentos no país, mais especificamente no Mato Grosso do Sul, e tentaram buscar o apoio das lideranças evangélicas. A grande maioria negou-se a apoiar esse homem que se diz a “segunda vinda de Jesus”.

Porém, o Bispo Manoel Ferreira, ex-deputado e líder do Ministério Madureira, tem se envolvido com Moon. Ferreira já esteve na Coreia e participou de cerimônias de casamento na Igreja da Unificação.

Este é um dos eventos mais importantes para a seita, pois seus fiéis acreditam que se tornam “filhos espirituais” do reverendo Moon através do casamento.

Agora, surge a denúncia que decidiu “retribuir” e convidou representantes da igreja de Moon para usarem o púlpito da Assembleia de Deus de Brasília. O culto realizado na igreja em Brasília no mês de outubro foi chamado de “Festival Global da Paz”, cujo objetivo seria “apresentar a mensagem do Reverendo Moon como o novo Messias”.

O tema “uma família sobre Deus” mostraria que a mensagem que “cumpriria o sonho de Deus de todas as pessoas do mundo serem uma só família”. A iniciativa do festival foi de Hyun Jin Moon, um dos filhos do líder da Igreja da Unificação, que mostra os seus pais como os originadores da “verdadeira família” capaz de salvar a humanidade.

Tudo está registrado em um vídeo que circula na internet:


A denúncia do que é considerada uma “profanação” pelo Pastor Enoque Lima, que pertence ao Ministério Madureira e chegou a ser preso por suas acusações ao Bispo Manoel Ferreira, segundo informações de Julio Severo.

No referido vídeo, ele faz um alerta para que outros pastores da Assembleia de Deus não se deixem enganar e denunciem e alertem as suas igrejas.

Não é a primeira vez que surgem protestos do envolvimento do líder do Ministério Madureira com o Reverendo Moon. Porém, este episódio recente mostra que, apesar dos protestos anteriores, os laços entre os dois líderes tem se estreitado, pois se encontraram repetidas vezes em outros países e agora trazem o festival para o Brasil.

http://noticias.gospelprime.com.br/manoel-ferreira-reverendo-moon-igreja-unificacao-assembleia-de-deus/

Voc é Rico?



Lucas 12: 13-21 -> Um homem que estava no meio da multidão disse a Jesus:

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
— Mestre, mande o meu irmão repartir comigo a herança que o nosso pai nos deixou.
Jesus disse:
— Homem, quem me deu o direito de julgar ou de repartir propriedades entre vocês?
E continuou, dizendo a todos:
— Prestem atenção! Tenham cuidado com todo tipo de avareza porque a verdadeira vida de uma pessoa não depende das coisas que ela tem, mesmo que sejam muitas.
Então Jesus contou a seguinte parábola:
— As terras de um homem rico deram uma grande colheita. Então ele começou a pensar: “Eu não tenho lugar para guardar toda esta colheita. O que é que vou fazer? Ah! Já sei! — disse para si mesmo. — Vou derrubar os meus depósitos de cereais e construir outros maiores ainda. Neles guardarei todas as minhas colheitas junto com tudo o que tenho. Então direi a mim mesmo: ‘Homem feliz! Você tem tudo de bom que precisa para muitos anos. Agora descanse, coma, beba e alegre-se.’ ” Mas Deus lhe disse: “Seu tolo! Esta noite você vai morrer; aí quem ficará com tudo o que você guardou?”
Jesus concluiu:
— Isso é o que acontece com aqueles que juntam riquezas para si mesmos, mas para Deus não são ricos. (versão NTLH)

Que tipo de riquezas queremos pra nós? Será que ficaremos ricos tendo muito dinheiro? Ou tendo muitas paixões? Ou ainda, tendo muitas amizades? Será que tudo isso é uma riqueza? Sim! Para o homem carnal tudo isso é uma preciosidade! As coisas que o homem sem Deus busca, ou se sente feliz quando encontra, acaba sendo sempre o foco de seu coração!

Qual é o foco do teu coração? Vamos lá, pense um pouco! Nem tudo o que temos de bom em nossas vidas é o melhor! Existe algo maior do que os nossos olhos podem ver; maior também do que os nossos ouvidos já ouviram (ou ainda ouvirão aqui); e muito maior do que a nossa mente já conseguiu pensar e imaginar. Esse “algo” é Deus!

O foco do teu coração tem que ser Deus. A tua maior preciosidade tem que ser a Palavra de Deus. E a tua maior riqueza tem que ser as promessas e os sonhos que Deus tem pra você, sendo também a gloriosa presença dEle em tua vida e a tua eternidade no Reino dos Céus!

Será que Deus vai falar pra ti também: ” — Seu tolo! Esta noite você vai morrer; aí quem ficará com tudo o que você guardou?”

Pense bem! Tome a sua decisão hoje! Onde está o foco da sua vida? Onde está o seu tesouro? Jesus disse que onde estivesse o nosso tesouro ali estaria também o nosso coração (Lc 12:34). É tempo de pensar e refletir! Pois, e se você não tiver muito tempo de vida ainda? Você sabe para onde vai depois que morrer?

Pensar e agir, todas as pessoas devem fazer isso! Deus te ama e deu a vida de Seu próprio Filho pra morrer em teu lugar! Esta é a verdadeira riqueza, a maior e melhor que o homem pode ter: – a salvação eterna graças à Jesus, o Filho de Deus, que como Senhor de todo o Universo se fez o mais humilde servo. Pois se humilhando, veio a cumprir o plano de Deus, de que com a morte do mais Santo, todos os pecadores poderiam ser salvos!

Não viva o homem carnal! Viva Cristo, pois Cristo vive em ti (Gl 2: 20)! Esqueça um pouco da sua vida passageira (essa vida na Terra), e lembre-se (e viva também) mais pra vida verdadeira (eternidade com Deus)!

Que Deus te abençoe em o Nome do Senhor Jesus! Amém!

Glórias sejam dadas à Deus Pai, Filho e Espírito Santo para todo sempre! Amém!
Pois foi Ele quem me inspirou a escrever este texto!!
Evangelista Lucas B. Gusmão

gospel+

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Reflexão de Segunda Feira



Nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos,
e não agradar a nós mesmos. Romanos 15:1


Querido amigo de Jesus, tenha paciência com as pessoas ao seu
redor que ainda não são quem Deus quer que sejam – lembre-se que
você também não é tudo que Deus quer que você seja. No processo de
“suportar” as falhas deles, talvez você descubra que outros têm
mais paciência com as SUAS falhas e são mais agradecidos pela sua
fidelidade. É claro que o alvo da nossa paciência não é para nosso
próprio beneficio. Ao contrário, nós somos pacientes para abençoar
outros, sabendo que muitos dos nossos irmãos e irmãs em Cristo
estão segurando a sua fé, esperança e amor por um triz! Que nós
nunca soltemos a mão deles e nunca os causemos a tropeçarem

Pese!!!



“Quando um homem forte, bem armado, guarda sua casa, seus bens
estão seguros. Mas quando alguém mais forte o ataca e o vence,
tira-lhe a armadura em que confiava e divide os despojos.”
-- Lucas 11:21-22


Você se sente derrotado? Só vê seus pecados, suas falhas e
tropeços? É isso que Satanás quer. Ele quer que você pense que não
vale a pena lutar. É melhor se entregar, gozar dos prazeres que lhe
resta e aguardar a condenação eterna, se ela de fato existe. Isso é
tudo que Satanás quer que você pense. E como sempre, é uma tremenda
mentira. Na verdade, o derrotado é ele. Na parábola, o homem forte
é Satanás. O mais forte é Jesus. Jesus mandou o Maligno embora da
casa onde ele estava habitando - o corpo do homem mudo. Com isso
Jesus mostrou como ele nos liberta de tudo que é do inimigo. Pode
ser tentação, fraqueza ou vício. Não importa. Jesus manda em tudo
isso e muito mais. Mas, só se o chamamos. Só se entregamos a Ele.
Só se confiamos que ele é o vencedor. Jesus venceu demônios e
doenças e finalmente derrotou a própria morte. A mesma vitória é
nossa, se ao menos confiarmos em Jesus. Por fora, pode parecer que
estamos perdendo a batalha. Parece até para nós que somos
derrotados. Mas, por dentro, onde a maior batalha é travada
diariamente, aqueles que estão entregando suas vidas a Jesus dia
após dia, estão vencendo. Estes já estão na marcha triunfal. É
longa e cansativa. Mas, vale a pena continuar. Graças a Jesus!

Cristiaislamismo - Usaram nosso "maomé" para fazer bagulho - Isso não!!!



Após reclamar pelo Twitter a respeito da entrevista feita pelo apresentador Jô Soares com os músicos Moraes Moreira e Tom Zé, quando foram mostradas cenas do DVD “Filhos de João: o admirável mundo novo baiano”, onde um dos entrevistados no filme afirma ter fumado maconha com a bíblia, o Apóstolo Renê Terra Nova gravou um vídeo de protesto à postura do apresentador, que segundo ele, foi “infeliz ao afirmar que a Bíblia tem mil e uma utilidades”.

No vídeo, ele pede que os envolvidos no episódio se retratem perante aos cristãos, e aos cristãos, pediu que assinem uma petição pública cobrando essa retratação.

O Pastor e Deputado Marco Feliciano usou a tribuna da Câmara dos Deputados para “manifestar a indignação” a respeito do caso. Cobrando retratação, o Deputado afirma que a emissora deveria se manifestar sobre o caso: “Sabemos que a prestigiosa Rede Globo, não compactua com ato tão profano, mas poderia em nota se retratar em nome da grande maioria de seus componentes que professam nossa fé cristã”.

Encerrando seu discurso, o Pastor revela que irá tomar medidas para que os fatos sejam apurados: “Enviarei ofício a Policia Federal, solicitando se necessário e possível, por entendimento da autoridade policial a instauração de Inquérito Policial, para apurar os fatos que reputo como gravíssimos”.

Fonte:http://noticias.gospelmais.com.br/terra-nova-cobra-retratacao-apresentador-jo-soares-entrevista-27998.html


Agora esse pessoal que se acha representante dos evangélicos farão um "show", um 'espetáculo" em cima dessa entrevista, achando que enrolar um papel é enrolar a Palavra de Deus. Não somos idólatras, não é o papel que salva. Só falta quererem saber qual foi o versículo usado para tal ato. Fala sério!!! Francamente, existe algo muito pior a ser examinado e que mereça ser alvo de inquérito, faço minhas as palavras do ilustre Stenio Marcius:

"Mano, pior do que um ímpio enrolar maconha com papel de Bíblia
é pastor enrolar o povo com texto fora do contexto
com terceiras intenções..."

@steniomacius

Não fale mal da Igreja Universal, pediu Silas Malafaia ao diretor da Globo



O pastor Silas Malafaia esclareceu durante um evento que aconteceu no HSBC Arena, no Rio de Janeiro, que quando critica o bispo Edir Macedo não está se referindo à Igreja Universal do Reino de Deus “porque no Corpo de Cristo não se toca”.

O discurso foi dito durante um evento comemorativo aos 100 anos da Assembleia de Deus no Brasil promovido pela AD Madureira, liderada pelo pastor Abner Ferreira. Entre as lideranças evangélicos estavam várias personagens públicas do estado.

Em seu discurso Malafaia foi enfático ao afirmar que a Igreja do Senhor é invencível e que as muitas denominações evangélicas e as diversas maneiras de cultuar são devidas à multiforme graça de Deus.

Falando sobre a IURD ele afirmou que ninguém deve atacar a igreja do Senhor e se dirigindo a um diretor da Rede Globo disse: “Não fale mal da Igreja Universal”.

Recentemente o pastor Silas Malafaia divulgou um vídeo condenando a reportagem do programa Domingo Espetacular que atacavam mais uma vez as igrejas pentecostais e a família Valadão.

Nesse vídeo o líder da Assembléia de Deus Vitória em Cristo também falou que estava criticando a liderança e não os membros da IURD.

Com informações Holofote.net

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Reflexão Quarta Feira



Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele
que bate, a porta será aberta. Lucas 11:10



Deus responde as nossas orações! Pesquisas recentes sobre a
recuperação de pacientes pós-cirúrgicos validam esta afirmação. Os
pacientes que têm pessoas orando por eles se recuperam mais rápido.
Nossa experiência sugere que é verdade também. A Bíblia afirma o
fato. Mas Lucas enfatiza uma resposta específica à oração que
pessoas que buscam a Deus recebem. Deus anseia nos dar um presente
verdadeiramente grande e maravilhoso: sua presença em nós através
do Espírito Santo (v. 13). Por causa da habitação do Espírito, Deus
pode fazer coisas inimagináveis para nós e através de nós

Religião ajuda idosas viúvas a superar a perda



O enfermeiro Adriano Luiz da Costa Farinasso realizou uma pesquisa com mulheres idosas e viúvas e verificou que a religião ajuda essas senhoras a superar a perda do marido, abrindo caminho para novas pesquisas que comprovem a importância da crença e dos estudos científicos.

Na pesquisa intitulada de “A vivência do luto em viúvas idosas e sua interface com a religiosidade e espiritualidade: um estudo clínico-qualitativo” foram entrevistadas seis mulheres com idade igual ao superior a 60 anos que perderam seus maridos entre um mês e m ano antes do período da pesquisa.

“Meu estudo se relaciona com a subjetividade das pessoas, e não com estatísticas”, diz Farinasso que revela sua pesquisa se refere ao aspecto qualitativo e não quantitativo. Com o final da pesquisa ele concluiu que todas as suas entrevistadas tinham algum relacionamento com um grupo religioso e que esse contato com os “irmãos” da igreja já lhes eram benéficos e ajudavam no processo de luto.

Uma das formas das mulheres religiosas se conformarem melhor com a perda do marido pode estar relacionada ao fato das religiões, católica e evangélica, que foram as estudas, darem explicações sobre a vida após a morte. “O fato de as religiões fornecerem explicações para o que acontece após a morte facilita a superação da perda dos companheiros, pois dá um certo sentido para a vida e um sentimento de continuidade”, diz o pesquisador.

Farinasso entrevistou moradoras da cidade de Araponga, Paraná, e escolheu esse grupo porque as mulheres têm a expectativa de vida maior que a dos homens e que também é mais comum que os homens idosos que ficam viúvos consigam se casar novamente, o que acontece com pouca frequência entre as mulheres.

O resultado dessa tese foi apresentando na Escola de enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP e pode abrir um novo caminho para pesquisas científicas que desejam mostrar o lado positivo que a fé pode trazer para a vida de diferentes grupos. “Isso mostra mais uma vez como o relacionamento dessas idosas com a igreja e suas crenças mostrou-se muito positivo, pois nenhum elemento negativo ligado à religião foi observado” disse o enfermeiro.

Com informações Agência USP

Recompensa



"Quem vos daria ouvidos nisso? Porque qual é a parte dos que desceram à peleja, tal será a parte dos que ficaram com a bagagem; receberão partes iguais." (1 Samuel 30:24 ARA)

Eis aqui um mistério que merece ser entendido. Na escala de valores do nosso tempo e do nosso mundo tudo tem a ver com méritos. Quem merece recebe, quem não merece "que se dane" e se não for assim o termo é injustiça. Mas no Reino de Deus não é assim e David nos ensina isso.

Se você faz parte do time e esgotou as suas forças, deve ser recompensado como se tivesse ido até o final. Não há recompensa para preguiça nem para pouca vontade, mas não há penalidade para os que se esgotam tentando mas não conseguem. Aos critérios deste mundo isso é insano, pois ninguém remunera esforço, nenhum vendedor ganha comissão sem vender por mais que se esforce, nenhum capitão é considerado herói de guerra sem vencer.

Dirijo minha palavra a você que nunca foi ao campo missionário, mas participou do sustento financeiro e das orações. Falo a você que nunca pregou na sua igreja local mas ajudou ao seu pastor em sua preparação. A você que nunca cantou na equipe de louvor mas participou da aquisição dos instrumentos. Me dirijo ao irmão, que talvez poucos saibam seu nome, mas que intercede anonimamente por aqueles que aparecem na linha de frente. SE VOCÊ SE ESFORÇOU AO SEU LIMITE, SERÁ TÃO RECOMPENSADO QUANTO OS QUE APARECERAM.

Não se iluda com as aparências, pois nem sempre o que mais aparece é o mais abençoado. Santidade não rima com ostentação e por vezes (ainda que nem sempre) os mais calados são os que têm mais conteúdo e são mais valorozos no Reino de Deus. A parte da recompensa do Senhor não será desigual pela caminhada, mas sim pelo empenho, esforço e coração. Como sempre, o Reino de Deus tem valores invertidos desse mundo.

Quero te incentivar a ir até onde suas forças permitirem, nem um milímetro a menos. Mesmo que isso não se pareça com a linha de chegada, seu prêmio é assegurado pelo Supremo Juiz. Deus te abençoe.

"Deus Amado, te adoro e te louvo pois Tu tens feito muito mais do que pedimos ou pensamos. Nossa recompensa está em Tuas mãos e não nos critérios deste mundo. Aleluia."

Mário Fernandez

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Reflexão Terça Feira



Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o
demônio saiu, o mudo falou, e a multidão ficou admirada. Mas alguns
deles disseram: “É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele
expulsa demônios”. Outros o punham à prova, pedindo-lhe um sinal do
céu. Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: “Todo reino
dividido contra si mesmo será arruinado, e uma casa dividida contra
si mesma cairá. Se Satanás está dividido contra si mesmo, como o
seu reino pode subsistir? Digo isso porque vocês estão dizendo que
expulso demônios por Belzebu." Lucas 11:14-18



Não foi o “ex-mudo”, muito menos o demônio expelido que acusou
Jesus de operar milagres pelo poder de Satanás. Se tivessem falado,
teriam testemunhado a glória de Jesus. Quem falou foram homens que
viram Jesus realizando milagres que o povo admirava. O interesse
daqueles homens não era nem a verdade nem a cura – era a atenção do
povo. Foi por isso que eles reagiram. Quando nós reagimos contra
algo, na igreja ou no ministério de um irmão, qual o nosso
verdadeiro motivo? Como Jesus disse, uma casa dividida contra si
cairá. Isso é verdade tanto em relação às obras do maligno, como às
obras da luz. Quando Cristãos brigam, se dividem e estragam o
trabalho de outros servos do Senhor, só há um resultado - um reino
dividido. Jesus alertou contra falsos profetas e obras (Mt 7:15-16;
24:4-5). É preciso provar os espíritos (1 João 4:1). Mas, tomemos
cuidado para que nosso combate seja contra o inimigo e não contra
nossos irmãos e verdadeiros companheiros na guerra espiritual. E
oremos para que nossos motivos no combate sejam sempre puros. Se um
ou outro cresce ou se torna mais popular, pouco importa, desde que
a glória seja para Jesus.

Antigas profecias judaicas sugerem que o Messias de Israel pode estar chegando em breve



Uma profecia judaica medieval sobre a vinda do Messias de Israel parece estar se cumprindo com a situação atual do Oriente Médio, informou o jornal Israel National News.

Os judeus familiarizados com uma compilação de antigos textos de exegese agádica chamado Yalkut Shimoni parece ter previsto, séculos atrás, a tensão atual entre Irã e Arábia Saudita. Essa profecia fala sobre fatos que antecedem a vinda do Messias – o Rei que redime a Israel e a todo mundo.

Não se sabe exatamente quem compilou o Shimoni Yalkut, mas a cópia mais antiga conhecida é de 1310. Muitos dos rabinos citados pelo Shimoni Yalkut viveram muito antes, durante a era talmúdica no primeiro e no segundo séculos.

Em partes citando o livro bíblico de Isaías e as profecias nele contidas, um rabino mencionado pelo Shimoni Yalkut afirma: “No ano em que o Messias-Rei aparece, todas as nações do mundo estão provocando uma às outras. O rei da Pérsia provoca um rei árabe e o rei da Arábia busca o conselho de Aram. ”

O Irã atual compreende boa parte do antigo reino da Pérsia e “o rei árabe” pode ser razoavelmente entendida, aos olhos modernos, como o rei da Arábia [Saudita], um antigo aliado dos Estados Unidos.

Esta passagem é relativamente bem conhecida dos judeus, e algumas versões modernas substituíram “Edom” por “Aram”. Antigas referências judaicas para “Edom” hoje são vistas como uma referência à Europa ou ao Ocidente. “Aram” refere-se a uma região da antiga Mesopotâmia, a parte norte do atual Iraque e a porção oriental da Síria.

Essa descrição parece espelhar o atual programa nuclear do Irã e a tensão que isso está gerando com os países árabes, especialmente a Arábia Saudita. A instabilidade precisamente nessa área é o que mais preocupa os sauditas, com a saída dos EUA do Iraque e a instabilidade do regime na Síria, antiga aliada do Irã.

Mas o que acontece depois? De acordo com o Shimoni Yalkut:

“O Rei da Pérsia volta e destrói o mundo inteiro. Todas as nações do mundo sentem pânico e angústia e caem com seus rostos em terra e sentem dores como as de uma mulher prestes a dar à luz … ”

Um relatório recente da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou que o Irã está trabalhando na construção de armas nucleares e que provavelmente poderia deixa-las prontas para serem usadas dentro de um ano. Isso significa que os esforços diplomáticos têm falhado e o Irã tem feito ameaças de exterminar Israel e, com isso, provocou os Estados Unidos.

A profecia é um mau presságio para grande parte do mundo, pois, se os rabinos estiverem certos na interpretação, uma grande guerra virá antes da chegada do Messias.

Muitos políticos no Ocidente estão preocupados em minimizar os perigos de um Irã nuclear. Eles argumentam que, assim como a União Soviética não usou suas armas nucleares contra o Ocidente, o Irã saberá mostrar moderação. Mas parece que eles ignoram a ideologia religiosa profundamente enraizada nos governantes do Irã, que se vem como “instrumentos de Deus” para inaugurar uma nova era dourada para o Islã.

O que tudo isso significa se, de fato, a profecia do Shimoni Yalkut for precisa? O texto diz o seguinte:

“… Israel estará em pânico e angústia, se perguntando “para onde iremos nós”? E o Senhor lhes diz ‘Meus filhos, não tenham medo. Tudo o que eu fiz, foi só para vocês. Por que vocês estão com medo? Não tenha medo, o tempo de resgate chegou, e a redenção final não é como o primeiro resgate, porque o primeiro resgate foi seguido pela dor e pela servidão a outros reinos, mas a redenção final não é seguida pela dor e servidão a outros reinos”.

Israel, de fato, já mostra sinais de que o pânico e angústia. Desde o mês passado, Israel e Irã tem feito ameaças mútuas. O Irã já disse que pretende relegar o Estado judeu ao ‘lixo da história’. Enquanto isso, o Comando Militar de Israel fala sobre o lançamento maciço de mísseis não convencionais a partir de Tel Aviv.

Embora os judeus não tenham reconhecido a Jesus como o Messias, várias profecias sobre aquele país ainda precisam ser cumpridas até a volta de Cristo. Para muitos intérpretes será necessária uma nova perseguição maciça, pois toda vez que o povo era derrotado no Antigo Testamento, voltava-se para Deus.

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Israel National News

Missionário desafia televangelistas a pregarem o evangelho da prosperidade no sertão nordestino



Um pastor do sertão cearense fez um apelo aos televangelistas para pregarem o evangelho da prosperidade no sertão nordestino, para ver se essa filosofia realmente funciona.

O missionário que não teve o nome anunciado desafia os pastores que tudo que “tocam viram ouro” para irem até a região menos evangelizada do Brasil, tentar mudar o quadro de miséria e tentar aumentar o índice de desenvolvimento humano que é um dos menores.

“Eu faço um apelo a vocês, se vocês quiserem conhecer uma das localidades menos evangelizadas do Brasil, e tudo que vocês tocam viram ouro, pode vir aqui transformar a vida desse povo. Ai sim nós iremos dar credibilidade ao falso evangelho da falsa prosperidade”, diz ele.

O pastor diz também que as dificuldades financeiras da região são tão extremas que “até urubu morre de fome”. Em seu discurso ele desafia esses pastores a deixarem suas riquezas para cumprirem o chamado no Nordeste.

“Quero ver vocês construírem suas catedrais, comprarem aviões, viverem luxuosamente através de um local como este. Fica aqui o meu apelo, use o dinheiro que vocês estão gastando na compra de jatinhos, na compra de mansões, na compra de ternos de R$15 mil, R$20 mil reais, relógios caros para pregar o evangelho”.

Evangelho no Nordeste

No Sertão Nordestino apenas 4% da população é evangélica, números que em cidades menores e mais afastadas podem chegar a 2% e a 1%. De acordo com dados do ministério Antioquia, tem pelo menos 12.000 comunidades rurais e vilarejos que não possuem nenhuma igreja.

Pensando em expandir o evangelho nessa região a Missão Antioquia está organizando o Congresso Nacional de Evangelização do Sertão Nordestino que pretende reunir 1.000 líderes de diversas denominações para tratar dos assuntos necessários para propagar a Palavra de Deus no interior dos nove estados que compõe a região.

O objetivo é traçar planos para que em dez anos pelo menos 20% da população do Nordeste seja evangélica. Os principais problemas para o evangelho chegar à essa região são as superstições religiosas e as fortes raízes do catolicismo.

Com informações PADOM

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Reflexão de Sábado



“Qual pai, entre vocês, se o filho lhe pedir um peixe, em lugar
disso lhe dará uma cobra? Ou se pedir um ovo, lhe dará um
escorpião? Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas
aos seus filhos, quanto mais o Pai que está nos céus dará o
Espírito Santo a quem o pedir!” Lucas 11:11-13



É verdade que existem pais perversos, que maltratam e abusam de
seus filhos. Mas, eles são a exceção. A maioria dos pais dariam sua
vida por seus filhos. Os verdadeiros pais trabalham e se esforçam
para que seus filhos tenham uma vida melhor. Deus não é diferente.
Ele olha para nós não apenas como criador, embora foi ele que nos
formou. Ele olha para nós, não apenas como Senhor e dono de nossas
vidas, embora ele seja tudo isso. Ele olha para nós como o melhor
dos pais olha para seus filhos queridos. Ele deseja o melhor para
cada um de nós, sem exceção e sem favoritismo. Quando chegou a hora
para Jesus partir desta vida ele, prometeu o melhor presente que
ele poderia dar - o Espírito Santo (João 15:26). Tudo isso fazia
parte do plano de nosso Pai desde o começo. Como bom Pai, Deus não
nos dá tudo que pedimos nem tudo que queremos. Mas, ele nos dá tudo
que precisamos. E um dos melhores presentes que Ele nos deu foi o
Espírito Santo. Embora muitos nem O pediram, todos que O conhecem
descobrem quão essencial é o Espírito Santo para nossa vida em
Jesus e nossa felicidade eterna. Graças a Deus porque Ele sempre
nos dá o melhor!

Procura-se



Certa vez, um homem rico perdeu uma bolsa com quatrocentas moedas de ouro.

Então, anunciou nos jornais da cidade que daria uma boa gratificação a quem a encontrasse e a devolvesse para ele.

Dias depois, um homem muito pobre encontrou a bolsa edevolveu-a ao rico.

O rico contou as moedas. Estavam todas ali. Mas, como era muito avarento procurou um jeito de não dar a gratificação prometida. Então, olhou para aquele homem humilde e lhe disse:
- Faltam cem moedas. Você me roubou. Não merece gratificação nenhuma.

O pobre homem foi expor o fato ao juiz.

O juiz chamou o rico e perguntou:
- Quantas moedas havia na bolsa que você perdeu?
- Quinhentas – respondeu-lhe o rico.
- E quantas há na bolsa que este homem trouxe?
- Quatrocentas, respondeu o rico.

Aí o juiz disse:
- Então essa bolsa não é sua. Devolva a bolsa a este homem
gospelprime.com.br

O barqueiro e o “doutor"



Conta-se a história de um barqueiro que ganhava a vida fazendo a travessia de viajantes num rio muito agitado.

Ele gostava do seu trabalho, o qual procurava fazer sempre com segurança e rapidez.

Certo dia apareceu um sujeito todo emproado, cheio de pose. Enquanto atravessavam o rio, o “doutor” resolveu humilhar o barqueiro com sua verborreia:

- O senhor sabe ler?
- Não, senhor, não tive a oportunidade de aprender.
- Ah, meu amigo, as maravilhas da escrita… o senhor nem sabe o que está perdendo. Posso lhe garantir que o senhor perdeu uma grande parte da sua vida por não saber ler.

O barqueiro ficou quieto, mas o “doutor” insistiu:

- Mas, fazer contas o senhor sabe, não sabe?
- Não, senhor, nunca aprendi a fazer contas.
- Ah, meu amigo, as maravilhas da matemática… o senhor perdeu mais uma grande parte da sua vida por não saber matemática.

Neste exato momento a canoa bateu em alguma coisa e vazou água. O barqueiro fez o que pode, mas não conseguiu estancar o vazamento. Então, disse para o seu passageiro:

- “Doutor”, tire os sapatos e o paletó, vamos ter que ir à nado e vamos ter que nadar bastante, pois a correnteza é forte neste lugar.
- Mas, meu amigo, eu não sei nadar.
- Não sabe nadar, “doutor”?
- Não sei, não tive a oportunidade de aprender.
- Ih, “doutor”, então o senhor perdeu a sua vida toda.

site do pastor

Procurador quer tirar canais de TV religiosos do ar



O Ministério Público Federal (MPF) em Guaratinguetá pediu à Justiça a anulação da concessão dos canais católicos de TV Canção Nova e Aparecida. Segundo as alegações do MPF, os processos de concessão, realizados respectivamente em 1997 e 2001, ocorreram de forma irregular.

Ambas estão sediadas no interior paulista e pertencem a grupos católicos. O principal foco das emissoras são os programas de evangelização. A Canção Nova está ligada ao Movimento de Renovação Carismática. Ano passado, durante a campanha presidencial, causou polêmica ao transmitir ao vivo um sermão onde o padre José Augusto pedia que os católicos não votassem no PT, pois o partido defendia o aborto. A TV Aparecida pertence à rede de comunicação do Santuário de Aparecida, controlada pela Congregação Redentorista.

Existe uma denúncia feita ao Ministério das Comunicações por irregularidades no processo. Consta nos processos administrativos que as emissoras teriam caráter educativo. A Presidência da República autorizou as concessão em 2002 e ratificadas pelo Congresso.

Para o procurador Adjame Oliveira, autor das ações, esse tipo de concessão deveria ser precedida de uma licitação para selecionar a entidade com o melhor projeto educacional. “A outorga sem licitação põe em xeque a utilização democrática e transparente desse meio de comunicação”, justificou o procurador.

O pedido de anulação surge apenas 20 dias após a TV Canção Nova decidir suspender a transmissão do programa “Justiça e Paz”, que era apresentado pelo presidente do PT de São Paulo, Edinho Silva. O deputado estadual petista estreou no dia 3, fazendo uma entrevista com o ministro Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência. A suspensão ocorreu no mesmo dia.

Carvalho é um católico ativo e muito ligado a grupos religiosos. Sabe-se que ele tentou articular uma reaproximação entre Dilma Rousseff e a emissora Canção Nova, para desfazer os atritos da campanha.

Em nota, a emissora afirma que o afastamento de Edinho faz parte de uma reforma na grade de programação. Foram suspensos todos os programas apresentados por políticos. Entres eles o do deputado federal Gabriel Chalita, possível candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo em 2012 e muito ligado da Renovação Carismática. Paulo Barbosa, que deve concorrer à Prefeitura de Santos, também perdeu seu programa. O mesmo ocorreu com os deputados estaduais Eros Biondini (PTB-MG) e a primeira-dama paulista, Lu Alckmin. Myriam Rios (PDT-RJ) que já tinha seu programa mesmo antes de ser eleita deputada, não escapou do corte.

Como as emissoras são mantidas em grande parte por doações, grupos católicos já haviam se manifestado seu descontentamento com a presença de Edinho na TV. O assunto foi tratado em uma carta aberta publicada por vários sites católicos com o nome de “Nota de Repúdio”

Nota de Repúdio à Canção Nova

Rio de Janeiro, novembro de 2011

Senhores,

Com um sentimento de dor incontida, manifesto minha indignação e repúdio a emissora católica TV Canção Nova, pela decisão de trazer para sua grade de programação a pessoa do senhor Edinho Silva, presidente do PT de São Paulo.

Como é público e notório, este senhor defende o discurso gayzista, como o seu próprio blog veicula, e foi ele mesmo que levou pela primeira vez à cidade de Araraquara/SP as passeatas para divulgação dessa prática. Além disso, foi por causa da representação do PT de São Paulo, cuja direção era sua, que o TSE proibiu a impressão de folhetos que apontavam o perigo que a candidatura do PT representava para os cristãos de todo país, lançando calúnias contra D. Bergonzini.

E de se lastimar que uma emissora, gestada e nascida para exclusivamente evangelizar, mantida pela contribuição dos sócio-evangelizadores que acreditam nesta grande obra de Deus, mantenha na grade da sua programação um senhor que luta abertamente contra o Evangelho de Nosso Senhor e contra sua Igreja.

Rezo para que os dirigentes da TV Canção Nova meditem acerca do contra-testemunho que estão dando a todo povo católico e retirem imediatamente este senhor da grade de programação, substituindo-o por um cristão de verdade, como por exemplo, o Padre José Augusto.

Os assessores jurídicos da TV Canção Nova disseram que ainda não foram citados formalmente e desconhecem o teor das acusações. A direção da TV Aparecida ainda não se manifestou.

Não há informações se o mesmo tipo de processo poderá afetar outros canais como a RIT, de propriedade do Missionário R. R. Soares e o Canal 21, que hoje transmite exclusivamente programação da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Com informações do Estado de São Paulo e Humanitatis
gospelprime.com.br

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Funcionário público protocola petição para que Jesus Cristo interfira na corrupção do Brasil



Para tentar barrar a corrupção na política brasileira um funcionário público teve uma idéia inusitada. Residente na cidade de Dourados, MS, ele resolveu ir a diversos órgãoes fazer uma denúncia enderaçada á Jesus. Sua intenção é pedir para que Cristo tome providências em relação ao Poder Executivo, Legislativo e Judiciário.

José Luiz de Oliveira, o “Zé do Itahum” que já foi vereador da cidade na década de 90 e é hoje bacharel em Direito, enviou um documento que começa assim: “Excelentíssimo Senhor Jesus Cristo pai eterno e poderoso dos seres humanos que existem nesta terra”.

A petição continua pedindo para que Jesus Cristo interfira nos poderes que existem no Brasil, pois a “política tornou-se a arte de se prostituir”. Zé do Itahum também cita que “virou-se prostituição e iniciou-se no Poder Executivo passando para o Legislativo e chegou ao Judiciário”.

O documento tem como objetivo pedir para que o Filho do Senhor “decrete uma nova lei no mundo em exclusividade no Brasil para que os políticos que cometem crimes de corrupção sejam eliminados da política e confiscados seus bens e doados a entidades e que sejam obrigados a doarem seus órgãos”.

Nesse mesmo documento o funcionário público narra casos de corrupção em seu estado e também em todo o Brasil e também cita os prejuízos que esses desvios de verbas causam para os cofres públicos e para a população.

A petição foi protocolada no Tribunal de Contas, na Câmara Municipal de Campo Grande, na Secretaria de Governo de Mato Grosso do Sul, nos Correios e Tribunais Regional Eleitoral e de Justiça de Mato Grosso do Sul.

Com informações Conesul News

Pastor vende “purificação da alma” e é preso por estelionato



O programa Cidinha Livre da Band mostrou a reportagem de um pastor de Niterói, Rio de Janeiro, que foi preso por aplicar golpes nos fiéis. Em um desses golpes ele recebeu um apartamento para purificara alma de uma mulher.

O pastor Marcelo Henrique da Silva Freitas, 43 anos, estava há três anos à frente da Igreja Evangélica Manancial quando um fiel foi fazer uma denúncia contra ele os policias perceberam que já haviam outros dois mandados de prisão contra ele por crimes de estelionato.

O delegado que investigou o caso sugere que as igrejas deveriam ter um órgão para provar que os pastores realmente são pastores e não impostores que tentam extorquir as pessoas. A apresentadora também concorda e ainda expressa sua opinião a respeito das igrejas que tentam vender promessas para os fiéis.

O programa é transmitido apenas para as transmissoras do Rio, mas pode ser visto no blog do site oficial da emissora.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Reflexão Quarta Feira



“Perdoa-nos os nossos pecados, pois também perdoamos a todos os
que nos devem. E não nos deixes cair em tentação”.
-- Lucas 11:4



Perdão é uma peça-chave nos principais relacionamentos do
discípulo. Se é para ele amar a Deus e ao seu próximo como a si
mesmo (10:27), então o perdão de tudo que quebra estes
relacionamentos é essencial. Nossa tendência é de lembrar e buscar
sempre o perdão de Deus porque vemos o valor de restaurar nosso
relacionamento com Ele. Sem Deus nada somos e tudo perdemos. Mas,
Jesus nos lembra que temos que "repassar" este precioso perdão
divino adiante para nossos próximos que porventura tenham nos
ofendido. É fácil receber perdão. Às vezes parece quase impossível
repassar. Alguém observou que todos os pedidos pessoais desta
oração estão no plural. Não podemos orar como Jesus nos ensinou sem
pedir pão, perdão e livramento de tentação só por nós. Como Jesus
nos ensinou, temos que também pedir por nossos próximos. Se pedimos
perdão de Deus pelos pecados deles, temos que também perdoá-los nós
mesmos. Que Deus nos ajude! E não é isso que precisamos pedir
também?

Ex-BBB se torna pastora evangélica e afirma: “Fui resgatada das trevas"



A ex-BBB Bruna Tavares se converteu em 2008 e agora prega em igrejas como missionária, segundo informou o site EGO. Bruna participou da sétima edição do reality show da Globo e chegou a namorar um dos participantes e também a posar seminua para revistas masculinas.

A conversão aconteceu depois que ela se separou do também ex-BBB Alberto Cawboy de acordo com um texto em seu site pessoal que diz: “Ao sair e ver o que havia acontecido aqui fora, frustrou-se e a infelicidade tomou conta de sua vida. Em março de 2008, terminou um relacionamento, se converteu e segurou firme em Jesus para não soltar nunca mais (…) Com o seminário de teologia concluído em dezembro de 2010, Bruna é Missionária e ministra da Palavra do Senhor em tempo integral desde outubro de 2008″.

A mudança de religião também trouxe mudanças na aparência de Bruna que antes adotava as madeixas loiras e usava roupas decotadas, hoje ela voltou a usar os cabelos escuros e não usa mais decotes. “Aquela outra Bruna que vocês conheceram tinha um enorme vazio”, disse ela para uma rádio carioca.

Em um vídeo postado no Youtube no mês de agosto Bruna Tavares aparece pregando em uma Assembleia de Deus dizendo que não importa ganhar dinheiro, mas ganhar almas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails